segunda-feira, 30 de julho de 2012

Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge

[Spoilers abaixo]


Sobre esse desfecho, quero falar mais da minha experiência ao assistir ao filme do que fazer uma análise em si. Poxa, ficar mais de quatro anos aguardando e aí simplesmente escrever um “prós e contras”... E para provar minha ansiedade e espera, tem o post que escrevi em Julho do ano passado, falando sobre o primeiro trailer que foi ao ar: Batman - The Dark Knight Rises (O Final)”.

Quando assisti ao primeiro trailer, tive certeza que o Batman iria morrer, pois a seguinte frase aparecia logo no início dele: “
Todo Herói tem uma jornada, e toda jornada chega ao fim”. Mas já adianto que não é isso que acontece, aparentemente... Mas antes de entrarmos nessa questão, falemos do spoiler que estava presente nos trailers e que indicava que teríamos o Robin nesse filme. Na verdade não era um spoiler, mas sim um easter egg. Pra quem não sabe, um easter egg nada mais é do que uma surpresa escondida. Mas acontece que logo identificaram essa surpresa e isso foi propagado pelos quatro cantos da internet. Um conjunto de torcedores, numa arquibancada, seguram placas com letras que formam o nome do time, e a letra inicial é o R, mas não um R qualquer, mas sim o R do Robin.


R de Robin - easter egg
Então, por mais que tenha sido legal ver o policial Blake se revelando como o pupilo do Batman e ocupando o seu lugar, ainda assim ficou uma sensação de “teria sido muito mais legal se eu já não soubesse”.

Blake (Joseph Gordon-Levitt) - Robin
Como o diretor Christopher Nolan prima pelo realismo, não tinha como esperar um Bane monstruoso e deformado, com músculos e veias saltando da pele, mas mesmo o vilão sendo apenas um homem com um treinamento exemplar (no caso, treinado pela Liga das Sombras) e bastante forte, ainda assim é necessária certa suspensão de realidade para aceitar que ele seja capaz de quebrar pilastras de mármore apenas com murros.

Bane Vs. Batman
Um medo que eu tinha era o de que o filme caísse no ridículo por causa da personagem Selina (Anne Hathaway). Não sei se é por causa do trauma com a Mulher Gato da Halle Berry, mas eu tinha medo de ver algo muito caricatural, por mais que isso não faça o estilo do diretor. Não foi o caso! Anne Hathaway está muito bem no seu papel e convence.

O Batman desse filme já não é o mesmo de Batman Begins e não possui nem de longe a mesma vitalidade de Batman - O Cavaleiro das Trevas. O que vemos agora é um Bruce Wayne desmotivado, cansado, amargurado e que ainda sofre pela morte de Rachel. Tudo isso só torna a trama ainda mais legal, pois, como o título já antecipa, vamos acompanhar a jornada do herói que se levanta. E ele faz isso mais de uma vez!

Bruce Wayne
Agora a questão central: Batman morreu ou não morreu? Acredito que não. Você aí que se lembrou do filme A Origem (dirigido pelo mesmo diretor) quando viu aquela cena final, saiba que não está sozinho! Aliás, Michael Caine, por coincidência, participa do desfecho de ambos os filmes. Alfred não conhecia o romance entre Wayne e Selina e não tinha motivos para suspeitar, portanto é bastante improvável que aquela imagem dos dois juntos numa mesa de bar, desfrutando de uma vida comum como um casal, tenha sido obra de sua mente.

No fim das contas, acho que a única lacuna foi a ausência do Coringa, que não havia como ser preenchida. Seria uma afronta contra a memória de Heath Ledger se Nolan colocasse outro ator ou utilizasse de qualquer artifício para tentar mascarar ou substituir a presença marcante e intensa de Ledger em frente às telas. A trilogia é bem fechada e todos os pontos se ligam. E não vejo necessidade de um reboot, como estão planejando. Por mim podia continuar com o Robin, que já conta com um ótimo ator (Joseph Gordon-Levitt) para lhe conferir vida.


2 comentários:

  1. quero mto assistir!
    bjss
    http://julialis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste sim que é muito bom! Mas só leia esse post depois que já tiver visto, pois tem muitos spoilers nele.

      Abraço

      Excluir

Obrigado por comentar!
Evite escrever em CAIXA-ALTA.
Críticas são bem vindas, mas lembre-se de ser educado.
Fique à vontade para fazer sugestões ou para complementar o post com suas ideias e conhecimentos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...